Thomas Mendonça

5 Novembro, 2014

O meu nome é Thomas Mendonça, tenho 23 anos e estudei na ESAD.CR onde frequentei a licenciatura em Artes Plásticas entre 2010 e 2013.

A minha licenciatura decorreu ao longo dos três anos previstos para tal, período em que criei boas (ou, pelo menos, cordiais) relações com quase todos os professores cujas aulas frequentei. Procurei tirar sempre o máximo de proveito das condições que a escola tinha para me oferecer. Desenvolvi trabalho na minha área do qual me recordo com orgulho e estabeleci amizades novas. De modo geral, gostei de estudar na ESAD.CR. Creio que seja um lugar agradável. Sempre gostei de passear pelo pinhal quando procurava alguma inspiração ou paz interior e sempre vi o trajeto para a escola como um género de retiro.

No entanto, a ESAD.CR. é indissociável do lugar onde se encontra. Caldas da Rainha é uma cidade pequena, com pequenos comércios, um parque muito agradável e um mercado diário com frutas e legumes frescos. Tudo parece certo nesta descrição, mas não é para mim. Custou-me bastante estar afastado de um centro urbano com mais oferta e diversidade durante o tempo da minha licenciatura. Participei no programa “ERASMUS” no primeiro semestre do meu último ano. Fiquei em Wroclaw (Polónia) onde o inverno é muito rigoroso. A experiência na Polónia não correu propriamente bem para mim, mas após o meu regresso a minha relação com Caldas da Rainha ficou ainda pior. Enfim, acabei por terminar a licenciatura com a pior sensação acerca de tudo o que me rodeava. Hoje em dia, com alguma distância, consigo assumir as vantagens que tive em estudar na ESAD, em Caldas da Rainha.

Resido e trabalho desde então em Lisboa. Após a licenciatura comecei por tentar perceber quais eram as minha prioridades e rapidamente percebi que não queria de todo continuar a estudar. Decidi que deveria tentar trabalhar enquanto artista plástico (independentemente do que isso significa) e tenho desenvolvido principalmente trabalho em desenho e cerâmica, que pode ser conhecido em www.facebook.com/mendoncabythomas. Procuro estabelecer novas relações sociais e profissionais em Lisboa na área das artes. Ao longo do meu primeiro ano aqui em Lisboa participei em dois projetos teatrais, apresentei duas exposições individuais e tenho algumas das minhas peças de cerâmica à venda na loja Arte Assinada – Concept Store. Uma dessas foi recentemente publicada na revista Vogue Portugal (edição de Novembro) graças à loja.

Estou neste momento a preparar o lançamento de dois cadernos com ilustrações para colorir, inspirados na minha série de desenhos mais recente, ainda de modo experimental, para perceber qual é a recetividade do público.

Considero que o meu percurso na ESAD.CR não foi fundamental para definir quem sou hoje profissionalmente, embora reconheça que cresci bastante com o apoio de certos professores e técnicos de oficina.

Espero que a Rede IPLeiri@lumni se torne cada vez mais completa e útil, para que as próximas gerações de alunos possam encontrar testemunhos de pessoas que passaram pelo mesmo percurso ou pelos mesmos processos de crescimento. Gostaria de sugerir que fosse mais divulgada no seio de cada escola do IPLeiria.

Fotografia: agência Sonder People

Para o testemunho curto, clique aqui…