Ana Luísa Santos

11 Dezembro, 2015

O meu nome é Ana Luísa Santos e, entre 2003 e 2008, frequentei o curso de Engenharia Civil, na ESTG. Nesta mesma Escola, obtive o grau de Mestre em Engenharia da Concepção e Desenvolvimento do Produto, curso de Mestrado que decorreu entre 2008 e 2011.
É impossível não sentir saudades dos meus tempos de estudante no IPLeiria. Foram tempos de dedicação, trabalho e amizade. Recordo-me, também, de ter participado nas mais diversas atividades curriculares e extracurriculares, que em muito contribuíram para a minha formação.
Assim que terminei a licenciatura, iniciei imediatamente a minha vida profissional na área da Engenharia Civil, optando também por me matricular no Mestrado. Mais tarde, e durante quase 3 anos, estive ligada ao CDRsp (http://cdrsp.ipleiria.pt/), um dos centros de investigação do IPLeiria, onde tive oportunidade de desenvolver trabalhos interessantes no campo científico/tecnológico. Por volta de 2012, decidi mudar de emprego. Aproveitando a crise em Portugal, e reconhecendo que não deveriam existir limites geográficos para a minha carreira, fui aceitando os mais diversos desafios profissionais. Fui também saindo, aos poucos, de Portugal, participando em aventuras pelo mundo. Participei no Curso de Língua e Cultura Chinesa que decorreu em Pequim (com o apoio do IPLeiria), participei num projeto de voluntariado na Turquia, participei em diversos intercâmbios culturais em Espanha, estudei na Holanda, trabalhei na área de engenharia na Bélgica, sem contar com os diversos part-times que fui tendo.
Desde o ano passado que embarquei numa nova aventura que me tem proporcionado os mais incríveis desafios profissionais e pessoais. Atualmente, trabalho na empresa Ateles Films, na área de produção audiovisual, estando envolvida nas mais diversas tarefas que incluem gestão de produção, edição, som, drone, etc. Fazemos filmes/documentários sobre a vida animal, história natural, cultura e ambiente. Estamos sediados em Haia, na Holanda, mas o nosso escritório tem o mundo como imagem de fundo. Já participei em produções para a NHK Japão, BBC, EMS Films. Um dos filmes em que colaborei, como assistente de câmara, está atualmente nos cinemas na Holanda. Temos projetos também na Roménia, Península Ibérica, Guatemala, Holanda e muitos outros sítios. No nosso website (www.ateles.org) e facebook (www.facebook.com/atelesfilms) é possível conhecer um pouco do que fazemos, bem como aceder a informação relativa à empresa. Sou também membro profissional patrocinado da marca Lowepro, sendo um dos seus rostos (http://www.degreef-partner.nl/blog/ateles-films-loweprofessionals/). Relativamente a Portugal, fui convidada em 2014, por altura da celebração do Dia da Mulher, para ser o rosto da aplicação Blablacar. O facto de falar diversas línguas, ter formação em engenharia e ser bastante flexível e polivalente tem-me aberto as mais inesperadas portas. É essencial trabalhar sempre mais e melhor, sabendo aceitar o “não” como um sinal de motivação.
Sempre adorei viajar, conhecer culturas e gentes diferentes, e desde que embarquei nesta aventura, que a minha vida pessoal e profissional se fundiram. Tenho vivido numa intensa aventura, visitando os mais sítios mais incríveis, nos mais diversos destinos. Possivelmente, quando encontrar as condições que pretendo, irei partilhar as minhas aventuras.
O IPLeiria foi extremamente importante na minha preparação para a vida real, pois tem excelentes professores e funcionários, que nos preparam o melhor possível. Os fracassos que senti foram tão ou mais importantes que os sucessos que vivi. Para além disso, o IPLeiria oferece muitas opções de conferências, workshops e outras atividades extracurriculares que todos os alunos deveriam aproveitar para diversificar as suas áreas de aprendizagem.
A criação da Rede IPLeiri@lumni foi um grande passo no reforço dos laços entre a instituição e os antigos estudantes, desejando apenas a continuação de bom trabalho.
Para o testemunho curto, clique aqui