Alina Bento

28 Junho, 2019

Sou a Alina Bento, tenho 41 anos e neste momento partilho o meu tempo entre a Direção Financeira e a Direção de Marketing de duas PME’s. Licenciei-me na ESECS, em Comunicação Social e Educação Multimédia, no longínquo ano de 2007 em regime diurno, pois na altura o meu curso não dispunha de regime pós-laboral, apesar de ter sido trabalhadora-estudante.

Foi uma luta muito grande para conseguir terminar o curso com sucesso pois já naquela altura tinha uma vida laboral muito intensa. Trabalhava numa empresa de Tecnologias de Informação e tinha sociedade numa loja de roupa. Ambos os trabalhos por si só já me ocupavam muito tempo e com as aulas durante o dia, fiz muito quilómetros (físicos e mentais) para chegar à meta. E cheguei!

Apesar de todas as dificuldades guardo boas memórias da ESECS e do Politécnico de Leiria. Tive professores que me apoiaram muito e que me inspiraram profundamente. Um bem-haja à Prof. Dra. Alda Mourão e à Prof. Dra. Catarina Menezes! No geral, sinto um carinho enorme quando penso na “minha escola” e sou grata a todos os profissionais de todos os serviços, principalmente dos académicos, que sempre foram de uma simpatia, profissionalismo e cooperação ímpares.

Quis o destino que estivesse desempregada quando iniciei o meu estágio final de curso, no semanário Região de Leiria, pois terminado o estágio fiquei logo aí a trabalhar. Não podia ter sido melhor! Uma verdadeira “Dream Team” que me acolheu da melhor forma possível. Ainda nesse ano fui chamada para uma instituição bancária e ainda que pouco convencida, arrisquei. Foi a minha “casa” até há um ano atrás.

Em maio de 2018, recebi um convite de um cliente para um projeto totalmente diferente: uma startup de tecnologias de Informação, especialista em segurança Informática e Automação, a Snapdragon e pensei: “Porque não?!” Abracei este novo desafio, comecei quase do zero! Após um ano, a mudança começa a solidificar-se e neste momento estamos a preparar o lançamento de um carregador inteligente para veículos elétricos. Um projeto inovador, fruto da parceria entre a Snapdragon, responsável pela automação e a Hecco-Voa encarregada do design e produção industrial, que é a outra empresa onde trabalho.

Tenho uma ligação afetiva muito forte com o Politécnico de Leiria, que foi muito importante para meu crescimento, quer profissional, quer pessoal. O apoio que me foi dado durante o curso, nas circunstâncias difíceis que qualquer trabalhador-estudante tem de enfrentar, mais ainda num curso diurno, foi determinante para não desistir, mesmo quando tudo parecia inconciliável. E que não restem dúvidas, que a par com a formação cívica, a formação académica é determinante para o sucesso profissional de todos.

Leiria é cada vez mais uma cidade cosmopolita e atrativa e em muito pode agradecer ao Politécnico de Leiria pela dinâmica fantástica que traz à cidade! Agora com a Rede Alumni voltei a aproximar-me e a beneficiar das vantagens de “ser” Politécnico de Leiria.

Muito obrigada ESECS! Muito obrigada Politécnico de Leiria!

https://www.facebook.com/alinambentocamponeshttps://www.linkedin.com/in/alina-bento-649723158/

Para o testemunho curto, clique aqui