Maria Avelino

25 Fevereiro, 2014

O meu nome é Maria Avelino e fui estudante do curso de Educação Social na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais. Iniciei em 2008 e terminei em 2011.

É difícil relatar as memórias do tempo de estudante no IPLeiria, porque são muitas. Ficaram as memórias das inúmeras pessoas, entre amigos e professores, que conheci e que, de alguma forma, me marcaram para o resto da vida. Em relação aos professores, recordo-me imenso de frases/palavras que me foram ditas durante o meu percurso e às quais não dei o devido valor na altura.

Recordo, também, as infinitas noites de estudo coletivo, enrolados nas mantas com a chávena de café ao lado, bem como as noites de convívio entre amigos.

Acabei a licenciatura em Julho de 2011, e fiquei uns meses à procura de trabalho. Como qualquer recém-licenciado, tinha a esperança que comigo ia ser diferente e que ia conseguir. Como é óbvio, não foi. Em Janeiro de 2012, e após uma busca sem sucesso, tomei a decisão de fazer voluntariado e comecei a fazê-lo em 2 sítios todos os dias (de manhã num lado, à tarde noutro). Ao final de algum tempo, foi-me proposto um estágio profissional e, posteriormente, fiz mais dois contratos, sendo que o último terminou no final de Setembro de 2012.

Atualmente, embora desempregada, faço questão de estar ligada à minha área de formação. Faço voluntariado numa outra instituição e tento estar ligada a alguns projetos que me possibilitem continuar a seguir este caminho. Não é um caminho fácil, é certo, mas também não é de todo impossível. Faço questão de continuar a tentar. Considero importante que nos façamos precisos no mundo laboral. Enquanto estamos presentes, vão-se lembrando de nós; se nunca aparecermos ninguém vai saber que existimos.

Neste momento estou também com um projeto em mãos na área da intervenção comunitária e do desenvolvimento pessoal. Juntamente com um colega, também antigo estudante do IPLeiria, Nivaldo Silva estamos a arriscar o nosso sonho. Mas, por enquanto ainda não posso revelar grandes pormenores porque o projeto ainda está em estruturação.

O IPLeiria contribuiu em grande escala para a minha formação. A nível profissional, foi neste Instituto que me formei e adquiri a maior parte da formação referente ao meu curso, no qual tive alguns professores que considerei muito bons. A nível pessoal, foi no IPLeiria que dei um passo enorme para a vida adulta. Para muitos, e também para mim, foi a mudança de local de residência e o ficarmos sozinhos sem conhecer nada nem ninguém que nos fez “pôr mãos à obra” e seguir caminho. Construí, sem dúvida, uma nova família, desta vez constituída por amigos, que foi (e continua a ser) crucial na minha vida. Chorámos e rimos juntos, e isso não se apaga nunca.

Da Rede IPLeiri@lumni espero que promova a troca de experiências entre os antigos estudantes do IPLeiria. Sugiro um evento que envolva antigos e atuais estudantes, para partilha de experiências, bem como outras atividades que possam implicar um papel ativo dos alumni.

Para o testemunho curto, clique aqui…