Luís Pinto

3 Novembro, 2014

O meu nome é Luís Pinto. Em 2008 ingressei na ESTG na licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e em 2011 no Mestrado na mesma área. Em 2013 terminei o referido Mestrado no ramo de Eletrónica e Telecomunicações.

Dos meus tempos de estudante recordo o companheirismo, bom ambiente e entreajuda que reinava entre os colegas de curso, tanto durante as atividades (aulas, projetos, etc.) letivas como nas “extracurriculares”.

Quando recordo os tempos passados no IPLeiria-ESTG vejo-me obrigado a louvar a atitude e empenho dos professores (especialmente do Departamento de Engenharia Eletrotécnica – DEE, com que tive maior contacto) e o clima de proximidade entre alunos e professores, algo muito difícil de encontrar em qualquer outra instituição de ensino superior. Durante o meu percurso académico, senti sempre um forte acompanhamento e incentivo da parte dos docentes.

Após ter terminado o mestrado tive a oportunidade de continuar os estudos (doutoramento), mais uma vez com o apoio dos docentes do DEE e, em especial, dos docentes ligados também ao Instituto de Telecomunicações (IT). No entanto, após uma boa proposta resolvi entrar no mercado de trabalho.

De momento encontro-me a trabalhar no Reino Unido, na Ericsson Television, como Vídeo Research Engineer.

Devo ao IPLeiria, e em especial ao DEE da ESTG, um grande agradecimento pelo empenho dos docentes na formação dos seus alunos. Os cursos (licenciatura e mestrado) forneceram-me as bases necessárias para ter um bom desempenho no mercado de trabalho, tanto a nível nacional como internacional.

Em especial tenho de louvar a captação de alunos para os centros de investigação existentes no IPLeiria (no meu caso para o Instituto de Telecomunicações), que me permitiu entrar no mundo da pesquisa académica desde o meu 2º ano de licenciatura. Desta forma entrei no mercado de trabalho com um avanço de 4 anos de experiência em projetos de compressão de vídeo, vários papers publicados em conferências internacionais e acesso a workshops com oradores de topo a nível mundial.

Da Rede IPLeiri@lumni espero obter contactos entre antigos estudantes do IPLeiria e a oferta de oportunidades para continuar a formação. Sugiro que se aproveite as conexões com os antigos estudantes do IPLeiria e se dinamizem ações (palestras, workshops, projetos) que promovam a sua ligação aos atuais estudantes, perspetivada também como forma de recrutamento de potenciais estudantes.

Para o testemunho curto, clique aqui…