João Assis

12 Dezembro, 2014

O meu nome é João Assis. Frequentei o primeiro curso de Turismo, lecionado na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), certamente a instituição de ensino superior com a melhor localização do país, no Cabo Carvoeiro, Peniche. O curso tinha a designação de Turismo e Mar e era bietápico, Bacharelato + Licenciatura. Iniciei o meu percurso no ano de 2000, concluindo-o em 2005.

Enquanto estudante do IPLeiria, guardo muitas memórias, maioritariamente boas memórias. A família académica que se “respirava” nas antigas instalações da ESTM. Éramos poucos estudantes e funcionários (docentes e não docentes), o que permitia um convívio fenomenal. Sabíamos o nome de todos, independentemente do curso, origem e cargo que ocupava, leia-se estudante ou funcionário. Tive o privilégio de representar os meus colegas, durante alguns anos, como Presidente da Associação de Estudantes da ESTM e como representante dos estudantes no Conselho de Gestão e Assembleia de Representantes do IPLeiria, o que permitiu um melhor conhecimento da realidade da grande instituição pública que é o Politécnico de Leiria. O convívio das festas académicas, o bar académico, a I Semana Académica realizada na ESTM, os amores e desamores, férteis em qualquer vida académica. As praxes, os jantares em casa uns dos outros, sempre com uma ementa variada (massa e atum, massa e salsicha, massa à bolonhesa, massa…). Amigos que ficaram para a vida. Saudade dos que já partiram. E que tantos sorrisos cúmplices partilharam ao longo de todo o percurso académico e profissional.

Após terminar o curso, surgiu a oportunidade de continuar em Peniche, cidade que me acolheu como se de um filho da terra se tratasse (sou natural de Aveiro). Não hesitei! A convite da direção da ESTM, fui representar o IPLeiria como Técnico Principal, a meio tempo e recibos verdes (os famosos recibos verdes), no projeto “Oeste Empreendedor – da Qualificação à Coesão” – EQUAL. Durante um ano e meio, dividi este projeto com a criação de um Gabinete de Estágios na ESTM, a título de voluntariado. Em agosto de 2007, com o términus do projeto, chegou a recompensa (do voluntariado, Pro Bono). Assinei contrato com o IPLeiria como Encarregado de Trabalhos, para o Gabinete de Estágios. No início do ano de 2009, passei à categoria de Técnico Superior, contrato a termo certo e por fim em 2012, após concurso público, efetivei o meu vínculo à função pública. Durante este percurso, o IPLeiria deu-me ainda a oportunidade de desempenhar funções de docência nos Cursos de Especialização Tecnológica, em unidades curriculares da minha formação base. Neste momento, continuo a desempenhar funções no Gabinete de Estágios da ESTM, “o meu menino”, o qual sinto um orgulho enorme em representar. Nem sempre foi fácil! Nem sempre correu bem! Há muita coisa a melhorar? – Há. Mas sem dúvida que vamos no bom caminho. Somos a Escola de todo o IPLeiria que colocamos mais estudantes em estágio. A título de exemplo, dados de 2014, colocámos um total de 525 estudantes em Estágio. Compostos por 65 estágios internacionais (outgoing), 2 estágios internacionais (incoming), 239 estágios curriculares, 212 estágios extracurriculares (nacionais) e 7 estágios extracurriculares .

O IPLeiria é um marco no ensino superior público, contribuindo com um ensino de qualidade e preparando os seus estudantes para o mercado de trabalho e, sobretudo, para a empregabilidade. Eu não sou exceção. Fico grato a todos os professores, em particular, e ao IPLeiria em geral, que me permitiram obter uma formação de excelência. A nível pessoal e profissional, tenho oportunidade de usufruir da grande aposta que esta entidade faz nos seus funcionários ao nível de formação (programa de doutoramento, melhoria do nível de inglês, formação em gestão do tempo, …).

A Rede IPLeiri@lumni permite-nos continuar em contacto com a entidade que nos formou a nível profissional, contribuindo, certamente, também a nível pessoal. Permite-nos acompanhar o sucesso dos nossos companheiros de curso e das demais escolas. Resumindo, permite que continuemos a sentir-nos parte integrante desta grande família que é o IPLeiria. Eu sou suspeito! (como representante da Rede na ESTM).

Mantenham-se em REDE!

Para o testemunho curto, clique aqui