Dora Matos

2 Dezembro, 2015

Chamo-me Dora Matos. Sou de uma aldeia perto de Leiria (Maceira) e, entre 2008 e 2011, frequentei a licenciatura de Comunicação Social e Educação Multimédia (CSEM) na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) do Instituto Politécnico de Leiria.

Todas as memórias que tenho da ESECS são francamente boas. Tanto ao nível da aprendizagem profissional, como das pessoas que conheci (que também trabalham no IPLeiria) e com quem ainda mantenho contacto.

Posso dizer que o que me deu mais “estaleca” (desde o início) foi trabalhar com o Walter Marcos e a Maria João Novo, na Rádio IPLay. Realmente sentia-me tão bem ali que era onde passava o meu tempo livre. E, claro que isso só me poderia trazer benefícios a todos os níveis.

O curso de CSEM, apesar de muito abrangente, serviu para me questionar sobre o que gostaria realmente de fazer dentro da área da comunicação. Foi um curso que me deu muitas bases, mas que não permitiu especializar-me. Para mim, é sempre um prazer voltar à ESECS, nem que seja para tomar um cafezinho, apesar de sentir que “já não pertenço ali”.

Depois de ter estado quase três anos no IPLeiria, decidi, no último ano do curso, ir para Madrid, no âmbito do Programa Erasmus. Não voltei a Portugal desde então.

Consegui uma bolsa em Madrid para ser jornalista numa das agências de notícias mais importantes do mundo, a Agência EFE. Depois de seis meses a estagiar ali, fui trabalhar para o Gabinete de Imprensa da multinacional Philips (também em Madrid). Quando terminei a bolsa, desempenhei funções de Community Manager numa empresa de publicidade na mesma cidade. Naquela altura também começava a surgir o interesse por aprender a língua portuguesa. Aproveitei a “onda” e comecei a dar aulas de português em Madrid, atividade que continuei posteriormente na Galiza, por exemplo.

Há um ano terminei o Mestrado em Comunicação e Indústrias Criativas na Universidade de Santiago de Compostela. Recentemente, aceitei participar num projeto de voluntariado internacional na Roménia. Atualmente, sou uma das responsáveis pela área da comunicação deste projeto, cujo principal objetivo é promover o uso da bicicleta na cidade.

“Many Faces of the Bicycle” é o nome deste projeto que promove o uso da bicicleta em Arad (na Roménia), sensibilizando para os principais benefícios relacionados com a saúde, desporto e meio ambiente. Este projeto começou há menos de um mês e tem 6 “faces” a trabalhar para ele. São 2 pessoas de Espanha, 1 da Estónia, 1 da Itália, 1 da Polónia e 1 de Portugal (eu). Uma das ideias assenta na educação cívica dos ciclistas, mas também na dos condutores para melhorar a convivência entre ambos na estrada. Ao longo destes primeiros 9 meses organizaremos várias atividades relacionadas com a promoção da bicicleta e vantagens da sua utilização. Pode conhecer melhor este projeto emhttps://www.facebook.com/mfotb/?ref=ts&fref=ts

No futuro, espero continuar a viajar, como tenho feito ao longo destes últimos anos, porque penso que é muito importante para o meu crescimento e formação pessoal. Também espero lançar o meu blog de lifestyle dentro de pouco tempo, plataforma que irei utilizar para dar conta das minhas viagens e novas experiências.

Confesso que não tenho estado muito atenta ao trabalho da Rede IPLeiri@lumni. No entanto, tive oportunidade de acompanhar a sua página de facebook nestes últimos dias e espero, sinceramente, que continuem o bom trabalho que têm vindo a desenvolver.

Para o testemunho curto, clique aqui…