Tiago Ribeiro

22 Fevereiro, 2016

Chamo-me Tiago Ribeiro e iniciei a minha formação de Professores do Ensino Básico, Variante de Educação Física com apenas dezassete anos. Em setembro de 1996, acabado de chegar com a família à cidade de Leiria, expectante com o ingresso no ensino superior, ambicionando a utópica independência numa outra cidade, recebi com enorme desilusão, os resultados da 2.ª fase de colocação de alunos no ensino superior. Entrei na quarta opção na Escola Superior de Educação de… Leiria (ESEL). Ficaria mais quatro anos em casa com os meus progenitores. (…)

O interesse pelo curso, pelas disciplinas, professores e colegas foi surgindo e aquilo que era algo incerto tornou-se claro: vou ser professor, quero ensinar Educação Física! Neste momento fortuito, amadureci. Terminei o curso em 2004 e ainda hoje tenho alguns remorsos por ter “arrastado disciplinas” mas esse foi o meu tempo, foi aquilo que precisei para amadurecimento pessoal e que hoje consigo respeitar, entendendo o seu valor. Em 2012 efetuei uma pós graduação e em 2013 terminei um mestrado, ambos em Educação Especial.
Da ESEL recordo três grandes nomes na minha formação: os Professores Afonso Carvalho, Isabel Varregoso e Rui Matos, os quais me marcaram muito pela forma como cada um, de um modo especial, me soube cativar! Provavelmente para eles foi uma “segunda feira”, mas para mim tocaram-me de uma forma especial. O IPLeiria foi e é uma casa de amigos, onde me senti estimulado e orientado pessoal e profissionalmente! Foi lá que cresci e que me lancei para um futuro apaixonado por aquilo que faço. Foi com as pessoas do IPLeiria que aprendi a construir as minhas ferramentas para um futuro que seria incerto, em constante mutação. Aprendi a observar e a refletir sobre as práticas… e hoje sei o quanto isso foi importante para mim, enquanto professor e enquanto pessoa. Aprendi que, com empenho e brio profissional, posso ser especial para alguém numa “segunda-feira”, tal como outros o foram para mim. Sei que terei de tocar várias notas para encontrar a melodia que melhor se adequa a cada aluno, a cada criança, a cada peça de futuro.
Ainda não teria terminado o curso quando surgiu o primeiro convite para lecionar. Pela mão de um colega da Gran Tuna de Leiria (saudades!), começaria a lecionar aulas de natação no União de Leiria e, rapidamente, estendi a minha atividade para o ACRM da Maceirinha e para o Industrial Desportivo Vieirense (IDV). Foi neste último que surgiu espaço para testar e aplicar alguns ideais profissionais e é ainda a este clube que me dedico, no cargo de responsável técnico e professor, na Piscina Municipal de Vieira de Leiria (https://www.facebook.com/piscina.vi…). Em simultâneo, dedico-me à formação na área do Team Building (https://www.facebook.com/possibilid…), à promoção e dinamização do Projeto Férias Ativas do IDV (https://www.facebook.com/projetofer…), do qual fui mentor. Em parceria com um colega de trabalho, fundámos recentemente a Escola de Atividades Aquáticas Bebés D’Água (https://www.facebook.com/bebesdagua…), no novo espaço hoteleiro Villas da Fonte, em Monte Redondo. Após 14 anos de criação, improviso, adaptação e aperfeiçoamento de metodologias de ensino (tão escassas) de atividades aquáticas para crianças desde os 3 anos até aos idosos, senti uma necessidade pessoal de enriquecer a minha experiência numa faixa etária que tanto me fascinava. Como forma de enriquecimento e com o intuito de levar este projeto a cabo, fui fazendo diversas especializações na área de natação para bebés.
A Rede IPLeir@lumni surge como uma oportunidade única de partilha de histórias de vida, revelando-se como um centro de união e reencontro com o IPLeiria. Congratulo esta iniciativa que prova que o IPLeiria está vivo e se prolonga pela vida de quem por lá passou! Eu aprendi aqui, tenho orgulho nisso, tive sorte na minha 4.ª opção e espero que este Instituto continue o seu trabalho em Leiria, em Portugal e além-fronteiras.
Para o testemunho curto, clique aqui