Luis Godinho

29 Abril, 2016

Chamo-me Luís Talaia Godinho e frequentei a então ESEL, atual ESECS, durante os anos entre 2004 e 2008 onde iniciei a minha formação como professor do ensino básico – 1.º Ciclo.
A entrada no IP Leiria deu-se durante um período vincado na minha vida e era, à partida, um mergulho no escuro. Desses quatro anos, hoje à distância de oito, recordo os melhores tempos do que sou. Os amigos que fiz e que permanecem por perto, todas as aprendizagens formais e informais, muitas das quais só consegui atingir com a distância necessária e com a prática da teoria ouvida, entre uma e outra aula.
Hoje, na distância imposta pelo tempo e pelo meu percurso de vida, continuo a olhar Leiria e a minha escola azul, com o mesmo carinho com que se olha a casa para onde sabemos que poderemos sempre regressar.
Após a conclusão da licenciatura em 2008, comecei a trabalhar no mesmo ano como professor numa escola no concelho de Óbidos, foram-se sucedendo escolas, até que há cerca de seis anos me fixei na região de Lisboa, onde vivo e onde trabalho.
Pelo caminho especializei-me em Educação Especial, área pela qual sou apaixonado e que me continua a entusiasmar muitíssimo. Trabalhei alguns anos com multideficiência, o que me ensinou muito sobre as pessoas e sobre a vida…tornou-me mais consciente, mais feliz.
Atualmente desempenho funções como diretor pedagógico num colégio na zona de Sintra. Um desafio profissional, que abraço com a mesma alegria de todos os desafios e que me tem alegrado bastante.
À parte do ensino, continuo apaixonado pelas palavras. Pelo caminho, fiz uma formação de “Contador de Estórias” e tenho desenvolvido algumas atividades e projetos nesse sentido, tentando espalhar nos outros, o meu gosto pela língua e pela narração.
Para cada lugar que parto, ou em cada porto que atraco, Leiria e o IPLeiria acompanham-me sempre.
Hoje, depois de conhecer diferentes realidades de ensino, várias escolas, inúmeros modelos, continuo a ter orgulho na minha formação inicial, a defendê-la e a apregoá-la, com a certeza que a prática me permite, de que foi uma formação coesa e de excelente qualidade.
A ESEL (ESECS) e todos os meus professores foram, sem dúvida, quem lavrou, semeou e estacou muito do que sou hoje, como profissional e como pessoa, o resto…foi a vida e o tempo que se encarregaram de regar e fazer florescer.
Sobre a Rede IPLeiri@lumni, só tenho a agradecer o facto de me continuarem a fazer sentir em casa, com o agrado do filho pródigo que espera um dia, quem sabe, voltar.
Para o testemunho curto, clique aqui